quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

PASO DE LOS LIBRES - ARGENTINA

Paso de los Libres, mais conhecida pelos uruguaianenses como Libres, é uma cidade Argentina da província de Corrientes, na fronteira com o Brasil, na margem ocidental do Rio Uruguai. A cidade é relativamente pobre e, segundo o censo de 2001, possui 43.805 habitantes. Para os brasileiros seu principal ponto turístico é a vista para a cidade brasileira de Uruguaiana, com a qual faz fronteira e é ligada através da Ponte Internacional Uruguaiana-Paso de los Libres. Na cidade de Libres estão localizados restaurantes apreciados pelos uruguaianenses, com destaque para as parrillas e massas, La Farola e e Don Alejandro. Também há o cassino Rio Uruguay, muito frequentado por brasileiros. Outro grande atrativo da cidade para os brasileiros é fazer compras, com destaque para queijos, cervejas - vendidas em garrafas de um litro, azeites de oliva, vinhos, alfajores, torrones e roupas. Todos esses produtos são de qualidade muito superior aos similares brasileiros e os seus preços são mais convidativos.
Visitando a cidade pude observar que a valorização da arte e cultura é bem forte, pois a intendência (prefeitura) da cidade cria espaços em toda a cidade para exposição de painéis artísticos criados por artistas do mundo inteiro.
Esse projeto foi projetado pela artista plástica Cristina del Castillo, a partir de 2004 em criou murais com criações pessoais.
A artista convidou artistas do mundo inteiro a enviar uma placa de cerâmica feita a mão com um tema livre, sem descriminação e sem nenhum custo.
Respondendo a convocação, 1500 artistas da Argentina e do estrangeiro realizaram suas obras para o projeto de arte coletivo: “Placas de Artistas”.


Placas de Artistas

No mural, o individual passa a formar parte de um todo adquirido um novo significado.
Os murais foram instalados em vários lugares da cidade de Paso de los Livres, na província de Corrientes, Argentina.
Foram realizadas três edições do projeto, 2004, 2007 e 2009, nelas participaram 1500 artistas de 37 países.
Os países participantes através de seus artistas, mostram com as Placas de Artistas, a queda das barreiras em que colaboram com a vontade participativa de um mundo ansioso por igualdade de oportunidades e principalmente de paz.
Os murais contribuem também para o acesso à produção artística regional e internacional.
Seria importante que pensássemos um projeto semelhante para nossas praças e que fizéssemos uma campanha com os artistas locais e convidados internacionais.
Farei um projeto baseado no Placas de Artistas na E. E. Otto de Brito Guerra onde os artistas serão meus alunos do ensino médio.

Escultura de um embrião no interior de um ovo

Área cercada onde os artesãos fazem exposições permanentes na praça San Martín

Um comentário:

  1. DE onde provem o nome de Paso dos los LIbres?

    ResponderExcluir