segunda-feira, 3 de maio de 2010

COMENTÁRIO DE FERNANDO DIAS

Caro amigo Gibson,
li com muita atenção o relato sobre ILHA BELA, foi impossível conter as lágrimas, as vezes que visitei o que era ILHA BELA, tive a mesma sensação que o povo iraquiano teve ao voltar para o seu povoado e encontraram tudo destruido pela guerra.Se pedro filho de Geraldo Melo tivesse optado para transformar ILHA BELA em distrito,teria sido melhor do que a total distruição. Ali estão ficadas as nossas raízes que jamais apagarão, ali, quando nós filhos de ILHA BELA entramos ali, ouvimos vozes, sussurros e muitas vezes barulho dos vagões chegando carregados de cana.Foi ali que presenciamos numa tarde nublada um desfeixo de um noivado espetacular, quando o noivo por nome bininha, desiludido pelo final do noivado com toinha de jorge, subiu no chaminé de 63 metros de altura e quis pular ´só sendo contido com a chegada da noiva e a promessa que o noivado seria renovadao. Foi ali que eu comi o meu primeiro doce de leite da minha vida na casa da minha madrinha Lurdes Ramalho esposa do padrinho Eloi Ramaho ambos já falecidos. Ali tinha clube social,ambulatório,cooperativa,feira,futebol, lapinhas, pastoril, carvalhada,cavalgada,vaquejada,congo de guerra,boi de reis, festas juninas, de natal,novenas de maio, e carnaval.
A PERGUNTA QUE FICA É A SEGUINTE, PORQUE PEDRO MELO DESTRUIU TUDO AQUILO?

Nenhum comentário:

Postar um comentário